3 Ecos da Falésia: QUEM AVISA, SEU AMIGO É

quarta-feira, março 22, 2006

QUEM AVISA, SEU AMIGO É


No rol de medidas diárias do Governo, a de ontem dizia respeito a nova legislação sobre protecção às vítimas de crimes. E qual é a novidade?
Agora, quando um criminoso acabar de cumprir a sua pena (ou for amnistiado) e for posto cá fora, as vítimas dos seus crimes, deverão ser AVISADAS do facto.
Para poderem tomar as suas precauções, evidentemente.

Vamos considerar dois exemplos, apenas, entre a vasta panóplia de crimes contemplados com penas de cadeia:

1 - Agressões domésticas:
Mulheres, crianças e velhos são as vítimas preferenciais de quem abusa, seja espancando, seja violando( no último caso, os velhos lá se vão safando, que os violadores não apreciam, grandemente, carnes duras e enrugadas).
Temos, então, um marido ou pai, de volta ao lar doce lar, cujo contrato de arrendamento até está em seu nome e onde lei nenhuma o proíbe de entrar.
Logo na primeira noite, a avisada mulher distrai-se a ver a tele-novela e deixa esturricar o jantar (circunstância atenuante em alguns crimes julgados):

- "Mas já não há respeito pelo homem desta casa? Ora toma lá que é para aprenderes a ter mais cuidado para a próxima. E bico calado, que ainda não me esqueci de quem foi dar à dica, da outra vez. Não te avisaram que eu vinha aí? Ainda vais comer mais por seres tão estúpida"!
As avisadas crianças, vão-se encolhendo, pelos cantos, à espera da sua vez.

2- Culpados de atropelamento ou outros acidentes graves.
Tenha a causa sido o álcool, a azelhice, ou, simplesmente, a falta de civismo ( mesmo causando mortes, bem sei que a maioria se safa, geralmente, com apreensão de carta por 15 dias, mas, enfim, imaginemos que algum viesse a cumprir pena):
As avisadas vítimas sobreviventes, palpita-me que desatarão a fugir, desabaladamente (se as canadianas não atrapalharem e as cadeiras de rodas o permitirem), assim que avistem qualquer carro, na sua direcção. Já que, convenhamos, será dficil de reconhecer, ao longe, se é o outro que lá vem, outra vez, ao volante.
Relativamente às que já estiverem na, eufemìsticamente, chamada "Última Morada" é que vai ser o diabo para as avisar.

TLIM

2 Comments:

At 1:27 da manhã, Blogger a.leitão said...

A propósito deste post e do "sui generis":

Perguntaram-me um dia porque tinha sempre o cu das calças roto, e eu repondi
-Sempre que um político fala encosto-me logo à parede!

 
At 3:27 da tarde, Blogger Sininho said...

Que o seguro morreu de velho...

 

Enviar um comentário

<< Home