3 Ecos da Falésia: LIXO

segunda-feira, novembro 19, 2007

LIXO


Ó LIXO, Ó QUE LINDO LIXO,
Ó LIXO DA MINHA CIDADE,
O MEU LIXO É O MAI LINDO
POSSO DIZÊ-LO À VONTADE.
***
POSSO DIZÊ-LO À VONTADE,
AQUI E A QUALQUER HORA,
Ó LIXO Ó QUE LINDO LIXO
QUE NÃO SAI DAQUI PRA FORA.
***
EU GOSTO MUITO DE VER
E AINDA MAIS DE INSPIRAR
O LIXO, ESTE LINDO LIXO,
QUE NINGUÉM QUER DESPEJAR.
***
NÃO M'INVEJO DE QUEM TEM
BELOS TOMATES NA HORTA,
SÓ M'INVEJO DE QUEM VÊ
MAIS LIXO AO PÉ DA PORTA.
***
FUI À RUA PASSEAR,
ESTAVA UM LULU AGACHADO,
A DEIXAR UM PRESENTINHO
NO DEGRAU AQUI AO LADO.
***
À NOITE, AO SAÍR DE CASA,
IA EU, RUMO AO VIDRÃO,
ESCORREGUEI NA PORCARIA
E FUI DE VENTAS AO CHÃO.
.
************************************************************************
Etiquetas: Cancioneiro popular alentejano, ar puro e como é porreiro viver numa cidade com nome de Tratado.

16 Comments:

At 12:41 da manhã, Blogger Maria said...

Só tu, Sininho, para conseguires versejar assim, com um assunto que já se tornou sério....
... ainda por cima com a música da "rama"...

Beijinhos

 
At 11:26 da manhã, Blogger Sininho said...

Maria:
Acontece-me de vez em quando...
Não há nada com que não se possa brincar, desde que não haja cedências ao mau gosto.
O que, já se vê, também é muito relativo...

Beijinho

 
At 12:19 da tarde, Blogger Bichodeconta said...

Em lixo estaremos nós um dia , espero que distante.. Tudo se transforma, claro que com tudo se pode brincar... Um abraço, ell

 
At 1:31 da tarde, Blogger Sininho said...

Ell:
Eu, pela parte que me toca, espero vir a estar em cinzas que sempre são mais inodoras...

Beijinho

 
At 6:10 da tarde, Blogger Gi said...

:O) :O) :O)

Pena não ter agora mais tempo para fazer uma desgarrada contigo ... se bem que acho que já abarcaste a "porcaria" toda que para aí se faz :)

Um beijinho fada.

 
At 7:01 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Sininho, se esse lixo te atrapalha, devias passar por Luanda para ver o que é lixo a sério!
Um dia destes mando umas fotos para publicares aí. só lhes falta o cheiro!
Beijos do calor.
Anandorinha

 
At 7:59 da tarde, Blogger Sininho said...

Gi:
Com mais ou menos porcaria, as tuas desgarradas são sempre bem vindas até porque te saem lindamente!

Beijinho

 
At 8:08 da tarde, Blogger Sininho said...

Ó minha andorinha preta:
Calculo que o teu ninho já esteja mais composto...
Tu com calor e o frio a chegar cá...
Fico esperando as fotografias, para fazermos meças.
E acredito no que contares; não preciso de ir confirmar "in loco".

Beijão

 
At 12:32 da manhã, Blogger samuel said...

Cá p'ra mim, está para Grande Auditório do CCB.

 
At 12:36 da manhã, Blogger Luis Eme said...

Muitas vezes só nos resta brincar com coisas sérias...

Como te compreendo, Sininho...

abraço

 
At 1:06 da tarde, Blogger 'mega' said...

'isto tá bom demais sininho, a inspiração anda em alta por esses lados.. que tal uma colectânea com essas pérolas a que já nos vais habituando?'

 
At 4:09 da tarde, Blogger Sininho said...

Samuel:
Ainda se me garantisses a interpretação do Grupo Coral dos Mineiros de Aljustrel...

Abraço

 
At 4:13 da tarde, Blogger Sininho said...

Luís:
Mas olha que quando me chega a neura...
Vir para aqui dizer disparates é uma forma de aliviar tensões...

Abraço

 
At 4:14 da tarde, Blogger Sininho said...

"Mega":
hehehehe, boa piada!

Abraço

 
At 11:04 da tarde, Blogger Cris Caetano said...

Estás muito acariocada, Sininho. Do lado de cá é que é assim: ri-se da própria desgraça, ou do lixo, como é o caso. ;)
Beijinho

 
At 5:24 da tarde, Blogger Sininho said...

Cris:
Olha, uma pessoa tenta rir para não chorar...

Beijinho

 

Enviar um comentário

<< Home