3 Ecos da Falésia: O SENHOR PROVEDOR

domingo, setembro 17, 2006

O SENHOR PROVEDOR

Tendo, ontem, assistido à apresentação do novo Provedor do Telespectador, no seu espaço da RTP, fiquei com mais uma certeza, a acrescentar às que já tinha:
Paquete de Oliveira foi escolhido, não só pelo nome, mas também pelas suas especiais características fisionómicas e vocais.

Expressivo como uma batata da Malveira, o seu falar baixo, pausado e monocórdico, é o tele-comando que faz descer, suave e eficazmente, as nossas pálpebras.

Ao acordarmos, de chôfre, com a barulheira da publicidade (outra coisa a merecer atenção), fica-nos a dúvida sobre que temas terá abordado o Dr. Paquete ou que belos exemplares da "raça Portuga" terá ele escolhido, para ilustrar os descontentamentos vários que, por aí, campeiam.
Fica-nos, também e sobretudo, pouquíssima vontade de repetir a dose.

Mais umas tantas sessões iguais a esta e os telespectadores acabam totalmente desmotivados, desistindo, de vez, de apresentarem qualquer reclamação.
Caso arrumado.

TLIM

3 Comments:

At 10:04 da manhã, Blogger Luis Eme said...

Não vi e pelos vistos que não perdi nada. Vou mais longe, acho a figura do "provedor" ridicula, porque defende em primeiro lugar a posição de quem lhe "paga", só depois a dos ouvintes ou leitores.

 
At 7:09 da tarde, Anonymous provador de tintos said...

A propósito, ainda existe na Câmara a figura do Provedor? E que figura faz?
Para que serve? Quantas vezes lá vai? Alguém já o viu? Há algum registo de acção levada a cabo?
Toque o sininho e esclareça a gente...

 
At 2:05 da manhã, Blogger Sininho said...

Senhor Provador:
Falta saber a que Câmara se refere.
À de Lisboa?
À de Sesimbra?
À de Almada?
Provedores há muitos...

Caro Luis Milheiro:
Em muitos casos, a figura do "Provedor" é meramente simbólica. Quanto a remunerações, confesso que gostaria de saber mais...

 

Enviar um comentário

<< Home