3 Ecos da Falésia: OS SANTOS POPULARES EM SESIMBRA

domingo, junho 24, 2007

OS SANTOS POPULARES EM SESIMBRA




Largo da Marinha
.

Largo da Marinha
.

Rua da Caridade
.

Rua Capitão Leitão (Galé)
.

Largo 1º de Dezembro
.

Igreja Matriz
.

Pátio da Santa Casa da Misericórdia
.

Exterior doAuditório Conde Ferreira
.
Em Junho, Sesimbra enfeita-se. Há bailaricos e sardinha assada. Marchas, grupos folclóricos e...as já inevitáveis escolas de samba.
E "Karaoke de fado"...
.
No S.João, pelo menos, o sol aqueceu e as ruas encheram-se de gente.
Só o vento frio que chega com o caír da noite, faz as esplanadas ficarem desconfortáveis e as pessoas agarrarem-se aos casacos.
.
Diz que é uma espécie de Verão...
.
.
.24-Junho-2007

23 Comments:

At 7:57 da tarde, Anonymous pexito marado said...

gostei de ver a minha terra com umas cores tão lindas...

 
At 8:25 da tarde, Blogger Lana said...

olá Sininho
que linda que é sesimbra ... sempre mas astuas fotos são digans de 1 sorriso muito luminoso.
Lana

 
At 8:41 da tarde, Blogger Ao meu lado... said...

Sininho
Obrigado pelas fotos. Eu não tinha visto todos estes locais e tenho de admitir que está bonito. Penso que este trabalho tem como principal responsável o executivo da CMS, e eu que o tenho criticado por diversas vezes, também aqui estou agora para dar os meus parabéns.

 
At 9:26 da tarde, Blogger Sininho said...

Pexito marado:
A tua terra TEM um colorido magnífico.
E não estou a falar em enfeites de S.João...

 
At 9:37 da tarde, Blogger Sininho said...

Lana:
Não podia estar mais de acordo contigo: Sesimbra é lindíssima, em termos de beleza natural.
Do que vem depois pela mão do homem é que já não posso dizer o mesmo. Ainda hão-de conseguir estragá-la, com tanta construção a invadir cada canto...

Beijinho

 
At 9:55 da tarde, Blogger Sininho said...

Ao meu lado:
Não posso garantir se a Câmara deu ou não subsídios para as ornamentações. Acho natural que tenha dado.
Mas a concepção dos enfeites é de grupos recreativos, escolas de samba, organizações de moradores, paróquia de Santiago, Santa Casa, etc.
O resultado foi bonito, sim.
Deu-me imenso prazer andar a calcorrear aquelas ruas, atrás dos recantos enfeitados.

 
At 11:08 da tarde, Blogger Maria said...

Não me lembro de, no meu tempo, haver tanta animação pelos santos em Sesimbra...
Entenda-se que "no meu tempo" me refiro ao início dos anos 70......
Mas estava bonita Sesimbra, sim... aliás, Sesimbra é de uma beleza natural fantástica...

Beijinhos

 
At 11:31 da tarde, Blogger a.leitão said...

Quando "andava pelo mundo" passava aí por Sesimbra amiudadas vezes e não esqueço que para além de ser uma terra bem bonita era onde se comia o melhor arroz de Tamboril do mundo e um queijo de Azeitão que nunca mais encontrei.

 
At 12:44 da manhã, Blogger Sininho said...

Maria:
Nos anos 70, eu só ia a Sesimbra, esporàdicamente, àquela praia do porto de abrigo, que já não existe.
Foi mesmo no início dos anos 80 que comecei a ir para lá com regularidade, em fins de semana e férias. E é a partir dessa altura que me recordo da tradição de enfeitar as ruas.
Como beleza natural, tem um mar tão azul e tão calmo que é um bálsamo para a vista.
No Verão é que passou a ter, ùltimamente, "animação" a mais, para o meu gosto...

Beijinho

 
At 12:56 da manhã, Blogger Sininho said...

A.Leitão:
Ora tu, como bom garfo, podias lá desconhecer o arroz de tamboril e os queijinhos de Azeitão?
E mais umas caldeiradas e adeus minhas encomendas, que a gula é terrível para a balança...

 
At 8:38 da manhã, Blogger Pézinhos n' Areia said...

Cara Sininho

que grata surpresa.

Sesimbra, tenho-a no meu coração.
A terra de meu Pai.

Pode dar um pulinho ? ao

http://pezinhosnaweb.blogspot.com/

Está lá algo para si.

um beijo

 
At 11:17 da manhã, Blogger Luis Eme said...

Sesimbra sempre foi uma terra bonita e muito festeira.

Ainda me lembro de ir passar a noite de carnaval a Sesimbra, porque alegria era coisa que nunca faltava.

 
At 11:59 da manhã, Blogger Sininho said...

Caro Anónimo das 3:58 AM:
Isto é demais para os meus pobres neurónios.

Então, 4646 também para si, seja lá isso o que for!!!
Olhe, vá dormir umas horinhas. Provàvelmente verá que isso passa...

 
At 12:07 da tarde, Blogger Sininho said...

Pèzinhos:
És uma querida.
Ainda bem que gostaste dos enfeites.
Deixei-te um comentário lá na tua praia, a agradecer.

Beijinho

 
At 12:16 da tarde, Blogger Sininho said...

Luís:
É carnaval todo o ano...
As escolas de samba ensaiam quase sempre aos fins de semana e o batucar ouve-se à distância...
Coisa que, aliás, não me incomoda absolutamente nada, quando lá estou.
Já faz parte do cenário local...

 
At 5:14 da tarde, Blogger Gi said...

Sininho, a stuas fotografias estão de um colorido fantástico e fazem-me lembrar os arraiais de quando eu era garota. Bateu a nostalgia.
No S. Pedro ainda lá estarão?
Na década de 70 era a praia que eu frequentava, gostava de ir a nadar até os barcos que estavam um pouco mais além. O Carnaval , com os adultos, também era passado nessas bandas numa colectividade que ficava mesmo em frente ao mar... já passei por lá várias vezes mas não dou com ela :) o tempo passa e "a gente" esquece :)

Beijinhos, boa semana

 
At 8:30 da tarde, Blogger Sininho said...

Gi:
Seria o Clube Naval?
Agora tudo está diferente, construíram um edifício onde funciona a escola de mergulho, tem restaurante, é agradável ir até lá. A vista é muito bonita.
O S.Pedro era o mais festejado em Sesimbra, por isso as ruas continuarão engalanadas, certamente.
Engraçado como nos devemos ter cruzado por lá, há tantos anos...

Beijinho

 
At 5:20 da tarde, Blogger Cris Caetano said...

Não conheço Sesimbra... :( Mas A-DO-RO festas juninas!!! Meu avô era de Resende e sempre festejou o S.João aqui na Quinta que tínhamos, são as melhores lembranças de minha infância! :)
beijos

 
At 5:37 da tarde, Blogger Sininho said...

Cris:
Mas existe um brasileiro que não tenha um avô português?
Um dia tens que conhecer Sesimbra.
Mar um tanto frio mas mansinho que nem uma piscina.

Beijinho

 
At 5:42 da tarde, Anonymous Anónimo said...

as "inevitáveis" escolas de samba revitalizam e apoiam a Câmara e a vila em practicamente todas as iniciativas que promovam e a ajudem de alguma maneira a nossa vila. Pra sua informação muitas delas são gratuitas, para sua informação 4 escolas e um grupo que desfilam produziram as suas ruas com esforço e dedicação, mas a ignorância continua a perdurar daqueles que não sabem o que é voluntariado e movimento associativo gratuito. Iria aprender bastante trabalhar sempre em prol dos outros em vez de se esconder num Blog.

 
At 5:41 da tarde, Blogger Sininho said...

Embora o Anónimo das 5:42 PM não merecesse resposta, é uma norma que sempre sigo e assim, cá vai:
1 - Quando me refiro às «inevitáveis escolas de samba», emprego o termo porque gostaria bastante que, em Portugal, se vissem mais ranchos regionais, sobretudo nos santos populares, em vez de escolas de samba que nada têm a ver com as nossas tradições.
Mesmo no Carnaval, onde o nosso clima é tão diferente do calor tropical, sinto-me sempre constrangida por assistir a uma sistemática imitação de danças e músicas brasileiras. Pelas quais nutro enorme admiração, quando são genuínas.
2 - Todo o voluntariado, toda a dedicação em prol dos outros, todo o esforço merecem respeito e admiração.
Já fiz muitas horas de voluntariado, sei dar-lhe o devido valor.
3 - Não me escondo atrás dum blog para denegrir nada nem ninguém.
Criticar, sim, é um direito que me assiste.
Neste caso, ninguém me pagou para andar a calcorrear os altos e baixos de Sesimbra, a tirar as fotografias que divulgo neste blog.
Fi-lo para dar a conhecer, a quem me lê, uma praia que adoro e que frequento o ano inteiro.
E, de tão bonita que é, merece toda a divulgação.
4 - Não estou enfeudada a partidos políticos, não devo obediência a nenhum deles.
5 - O meu nome é Ana Maria Correia.
Usar um pseudónimo, para assinar os meus posts é absolutamente legítimo.
6 - Enviar comentários anónimos e indelicados é que não abona muito em favor do seu autor.

 
At 11:19 da manhã, Anonymous Anónimo said...

não entendo quando diz que não são genuinas?As músicas? As fantasias, os Enredos, as letras, a Harmonia, os acordes? Deveria se informar melhor, pois tudo é feito originalmente pelos seus autorespelo menos em Sesimbra, tá a vêr que não está a dár o devido respeito que merecemos. Xutos e Pontapés é original? Que eu saiba o Rock não é portuguÊs, no entanto não vejo ninguem desvalorizar esse conceituadissimo grupo, nem eu!!
Isto só para sistematizar esse paradigma de tudo o que é Brasileiro ou cheira a Brasil, é desvalorizado e criticado quando queremos defender a nossa cultura, esquecendo nós que a nossa, tem muitas influências de outras, alias, quase todas. Deverá a senhora ser da opinião que nas discotecas dançar o vira, ouvir o bailinho da madeira e andar vestida a varina éra o destino de todo o bom português, aquele que não pode se divertir ao som de música de qualidade(samba), dançar uma gafieira(samba)ou fazer uma roda de samba(roda onde geralmente se juntam amigos que gostam de cantar, tocar, sambar, rir, brincar, viver, independentemente das suas origens, raça ou côr politica. Obrigado, nunca pensei ir para a terra de ninguem e ainda por cima critica-lo.Tambem gosto de musica clássica, mas não sei se será culturalmente e moralmente correcto ouvi-la, pois não é portuguesa. POR AMOR DE DEUS

 
At 8:06 da tarde, Blogger Guna Poeta said...

Olá!!!



Está tudo muito bonitinho e tal mas e como é que se faz????????????????????????????????????????????????????????????????????



é o qe eu qero saber ...






Pf respondam rapidamente (14:15 de amanha!)

obrIgAdO

 

Enviar um comentário

<< Home