3 Ecos da Falésia: S.VALENTIM PARA QUE TE QUERO

sexta-feira, fevereiro 15, 2008

S.VALENTIM PARA QUE TE QUERO

Todo o ser humano, mesmo o mais cordato e amável, alberga lá no íntimo um resquìciozinho de perversidade.
João Marcelino, o simpático director do Correio....aaaaaa, perdão; do DN, não foge à regra.
Ainda ontem aproveitava a publicidade que lhe caía no colo, à boleia do santo e é ver o que, logo na edição do dia seguinte, resolve publicar.
O artigo vem assinado pelo seu correspondente em Nova Yorque e dá conta das últimas novidades tecnológicas que permitem detectar, com economia de esforços, se há alguma coisa estranha que comece a despontar-nos na testa.

Ora isto era coisa para ser dada à estampa antes mesmo da época natalícia.
Bem a tempo de qualquer um dos membros do casal - que já alimentasse a sua suspeitazita - poder poupar nas prendas para a cara-metade e investir num aparelhómetro destes.
Depois era esperar pelo dia de S.Valentim (três meses, mais coisa menos coisa) e zás:
Tirar a prova dos nove.
Assim é que não.
Está a obrigar-se um(a) desgraçado(a) a esperar um ano inteiro, roendo as unhas, antes de chegar a uma conclusão.
O que me parece uma grande maldade.
Não sei se o facto de terem agora um dia marcado para desmascarar quem se porta mal, não será um bocadinho stressante.
Cá para mim, depois da publicação deste artigo, a vida dos casais portugueses nunca mais voltará a ser a mesma.

É por estas e por outras que adoptar comemorações estrangeiradas como se fizessem parte das nossas tradições, corre sempre o risco de vir a dar resultados imprevisíveis.

**********************************************************************

14 Comments:

At 7:11 da tarde, Blogger Maria said...

Se isto pega moda, Sininho..... vamos ter os notários (agora já se pode divorciar num notário, não é?) a ganhar como nunca na vida.....
Detectores de... credo!
Só mesmo daquela gente que ainda não cresceu...

Beijinhos

 
At 9:20 da tarde, Blogger samuel said...

Esperar pelo dia so Sr. Valentin é uma crueldade. É como escolher exactamente a noite de Natal para dizer aos miudos que o Pai Natal não existe...

Xi

 
At 9:32 da tarde, Blogger poetaeusou . . . said...

*
as nossas tradições
"como os independentes"
já são imprevisíveis,
,
conchinhas
,
*

 
At 9:41 da tarde, Blogger Luis Eme said...

Da América aparecem sempre umas coisas assim (nem consigo qualificar)...

abraço Sininho

 
At 11:05 da tarde, Blogger Cris Caetano said...

E se eles resolvem criar com luz neon? Vai ser complicado.

Eu tenho uma teoria mais simplista: dar presente é uma despesa e não é todo mundo que gosta de gastar nessa data, então nada mais fácil do que desaparecer por um ou dois dias.

Tem uma surpresinha lá no meu Nuvens e aviso-te logo: não venha reclamar da barra lateral de novo, antevejo um futuro "promissor" pra tua "barrinha" hihi

Beijinhos e bom fim de semana

 
At 1:17 da manhã, Blogger Sininho said...

Maria:
Nunca tinha ouvido chamar-lhe "credo" mas todos os dias se aprende qualquer coisa...
Tecnologia levada da breca, hein?

Beijinho

 
At 1:31 da manhã, Blogger Sininho said...

Samuel:
Pois.
É ver a responsabilidade de se fazer uma divulgação assim à bruta...

Abraço

 
At 1:38 da manhã, Blogger Sininho said...

Poeta:
Até temos tradições que só estão à espera de visto de entrada no país.

Abraço

 
At 1:41 da manhã, Blogger Sininho said...

Luís:
É o país do CSI e da Missão Impossível...

Abraço

 
At 1:59 da manhã, Blogger Sininho said...

Cris:
Se vai, minha amiga, se vai:))

Eu nem posso crer que já esteja de novo acorrentada!!!
Vou avisando que «logo» na barra, NEM VOU TENTAR.
Será que ouvi um risinho?

Muito obrigada, mais uma vez.
Se estas nomeações viessem acompanhadas dum cheque, a estas horas já estava completamente «excêntrica» (não sei se a SIC que vês no Brasil passa o anúncio do Euromilhões).

Beijinho agradecido

 
At 3:28 da tarde, Blogger multiolhares said...

Sou um pouco contra os dias de…
Acho que devemos viver esses dias diariamente
Sem que seja um em especial, e se o for tem de ser ditado por nós temos de o sentir assim, em um dia qualquer por um sentir muito nosso
Beijinhos
luna

 
At 4:56 da tarde, Blogger Sininho said...

Multiolhares:
É também a minha maneira de sentir.
Ùltimamente até queriam arranjar um dia nacional do cão:)))
Note-se que eu gosto imenso de cães mas tenho a noção do ridículo.
Já não há dias no ano que cheguem para tanta comemoração...

Beijinho e bom fim de semana

 
At 2:59 da tarde, Blogger Cris Caetano said...

ouviste sim o risinho...

Beijão

 
At 10:24 da tarde, Blogger Sininho said...

Cris:
Ai......

Beijinho

 

Enviar um comentário

<< Home