3 Ecos da Falésia: A INFLUÊNCIA NEFASTA DO FUTEBOL

quinta-feira, fevereiro 15, 2007

A INFLUÊNCIA NEFASTA DO FUTEBOL


Ontem à tarde, uma senhora, que se encontrava no Centro Comercial Portugália (Av. Almirante Reis), sentiu-se mal e foi accionado o 112.
Chegada a ambulância, saíram os dois técnicos do INEM, deixando a ambulância aberta, com as rotativas a funcionar.
Deu-se o caso de, por ali, estar a passar um cidadão romeno, com um ligeiríssimo grãozinho na asa e sem transporte próprio para se dirigir ao Estádio da Luz, palco do encontro Benfica - Dínamo de Bucareste.
Ora, é doloroso estar-se a milhas da Pátria e não poder, sequer, chegar perto da equipa que a representa.
Assim, entre o pensar e o agir, o nosso amigo nem esteve com mais conversas:
Entrou na ambulância e ala, que se faz tarde.
A rotativa luz azul até deu uma ajuda para vencer os vermelhos dos semáforos.
Azar foi a PSP conseguir apanhá-lo, já no Campo Pequeno, mais perto do destino almejado.
E lá foi o pobre dar com os ossos, na esquadra
do Campo Grande.
Diálogo brevíssimo, entre a técnica do INEM e a jornalista:
-"Espero que não volte a acontecer, porque é uma situação muito chata, a pessoa não sabe o que há-de fazer e... prontos. Acontece. Aconteceu."
-"E a senhora que vinham buscar?"
-"Olhe tive que chamar o 112..."
TLIM

Etiquetas: ,

14 Comments:

At 6:06 da tarde, Anonymous gota seca said...

O que o romeno queria era pregar uma partidinha de carnaval.
Não tem nada a ver com futebol.

 
At 6:27 da tarde, Blogger poetaeusou said...

O alcool tudo complica.
E não é coisa de somenos.
Hé pá, logo romenos.
Que pela bola têm tais ansias.
Mas, até ao desviar de ambulâncias.
Bem. .. se ele fosse do Benfica ...
bjs)

 
At 8:17 da tarde, Blogger Paula Raposo said...

Temos o que merecemos...

 
At 8:48 da tarde, Blogger Maria said...

Sempre ouvi dizer que "no carnaval nada parece mal"...
Eu nem queria acreditar quando ouvi a notícia, pensei que era mesmo brincadeira...

 
At 11:06 da tarde, Blogger Sininho said...

Gota:
Cada qual pode ter a sua versão...

 
At 11:49 da tarde, Blogger Luis Eme said...

Este acontecimento era impensável ontem...

Infelizmente, vão se desbravando caminhos, que provam que Lisboa nunca mais será a cidade calma e livre, que muitos de nós conhecemos...

 
At 11:57 da tarde, Blogger Sininho said...

Poetaeusou:
Ah, grande comentarista,
Que hoje estavas inspirado!
Se o romeno oportunista
Calha a ser um benfiquista,
Já o tinhas desculpado?

 
At 12:06 da manhã, Blogger Sininho said...

Paula:
Os funcionários do INEM tiveram o que mereciam.
Já a senhora que se sentiu mal...
No mundo louco em que vivemos, o melhor é o azar não vir bater-nos à porta...

 
At 12:10 da manhã, Blogger Sininho said...

Maria:
Em tempos passados, havia um que dizia que, depois de ter visto um porco a andar de bicicleta, nada mais o admirava...

 
At 12:18 da manhã, Blogger Sininho said...

Luís:
Tirando o azar da senhora, isto até é perfeitamente anedótico.
Mas, se começarmos a pensar nos mercenários matadores que por aí andam, à vontade, passa-nos, ràpidamente, a vontade de rir.

 
At 6:57 da tarde, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

Á com cada coisa...
Meu Deus... isto é de loucos!

=^.^= tarina

 
At 12:11 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Há" com cada coisa...
Leva H por ser do verbo haver!
É bom comentar, mas será melhor não pontapear a gramática já de si tão maltratada! Volte sempre!
Plim Plim

 
At 10:26 da tarde, Blogger Sininho said...

Tarina:
(Vou ter de escrever só assim, porque não sei fazer o "v" invertido...)
Obrigada pela visita.
Vou dar um pulinho ao seu blog, que ainda não conheço.

 
At 10:32 da tarde, Blogger Sininho said...

Anónimo Plim Plim:
Esse remate é quase um plágio...
Será que veio de outro continente?

 

Enviar um comentário

<< Home