3 Ecos da Falésia: A PASSARADA

segunda-feira, abril 09, 2007

A PASSARADA

Não sei se já repararam como nos encontramos, actualmente, a viver num ambiente soturno e "Hitchcockiano", rodeados dos mais variados pássaros.
Entre aves de arribação, de rapina, trepadoras, gregárias, parasitas, necrófagas, há pássaros, passarinhos e passarões para todos os gostos.
.
Não deixa de ser sintomático que os corvos sejam o símbolo da nossa capital.
Diz a Wikipedia, que estas aves vivem em bandos. A sua alimentação é omnívora, incluindo pequenos invertebrados.
Podem também ser necrófagas.
Apresentam comportamento complexo e exibem sinais de inteligência, planejamento e comunicação, entre elas.
Na mitologia, os corvos são vistos, geralmente, como portadores de maus presságios.
Exemplares desta espécie, já tivémos, nos últimos anos, um Jorgius Sampaium, um Juanus Suaris, um Santanea Lopis e um Carmonea Rodriguis.
Além duma arara emplumada da sub-espécie Carrilhis, que se fartou de esvoaçar a ver se conseguia lugar para nidificar nos Paços do Concelho.
Não tendo sido bem sucedida, prepara-se para se transformar em ave migratória e abalar para a Unesco, que Deus a acompanhe.
.
Alguns cucos (espécie parasita que põe os ovos nos ninhos de outras aves) também aparecem com frequência em certas instituições ligadas ao Governo.
De igual modo, bastantes maçaricos e alguns papagaios (aves nem sempre afáveis, capazes de repetir uma enorme quantidade de palavras e sons, por vezes desprovidos de sentido) se fazem notar na Assembleia da República.
Nas últimas semanas, alguns abelharucos ligados à Comunicação Social, não se têm calado, a propósito de uns voos cruzados que têm sido efectuados por algumas aves trepadoras e outras de rapina, entre os telhados do Palácio de S. Bento, a Universidade Independente e a Caixa Geral de Depósitos.
No meio de tanto voo para lá e para cá, parece que o que voou definitivamente, foram uns papeis importantes que, agora, não há maneira de aparecerem.
O que é um grande aborrecimento e anda a tirar o sono a um melro que tinha até conseguido subir uns metros acima do poleiro, graças a uns empurrõezinhos amigos de umas rapaces devedoras de uns favores. E que, coitadas delas, podem estar em risco de se verem engaioladas, se não aparecer, ràpidamente, um falcão competente que as safe.
.
E nisto andamos, aguardando com ansiedade os próximos crocitos dos passarões que por aí esvoaçam com alguma arrogância, enquanto nos vamos desviando e agachando, na intenção de evitarmos levar na cabeça com mais alguma "Hitchcockiana" cagadela.
.
TLIM

8 Comments:

At 6:42 da tarde, Blogger Cucagaio said...

Cara Sininho, como homem do norte, tenho de dizer que esqueceste o maior de todos a especie Marius Linus, desde que foi para a pasta da obras públicas,cagou para todo lado, mas em especial para o norte (O metro do porto andou sobre carris e cumpriu todos os prazos, independentemente da cor politica nas várias câmaras da região, mas desde que esse .... assumiu foi para o governo, parou tudo, mas mesmo tudo, maldito seja)

 
At 7:00 da tarde, Blogger Maria said...

Definitivamente em sintonia...

Quase no final do teu texto, com tanta passarada, pensava eu ter de comprar um chapéu, não se fosse dar o caso de... levar com a tal cagadela...
E tu, sininho, no fim mesmo, mesmo, mesmo, só me falta dizeres onde vais comprar o teu...

Beijinhos

 
At 7:21 da tarde, Blogger Sininho said...

Cucagaio:
O Marius Linus, como bom predador que é, pertence à famíia das corujas, de hábitos crepusculares e nocturnos.
Aqueles olhos são como o algodão:
NÃO ENGANAM.

 
At 7:30 da tarde, Blogger Sininho said...

Maria:
Um chapéu só, não vai chegar.
Olha, vai ter de ser um guarda-chuva daqueles grandes e muito bem impermeabilizado.
Mesmo assim... como a matéria é altamente corrosiva... será melhor comprar vários. Não posso divulgar marcas...

Beijinhos.

 
At 7:59 da tarde, Blogger poetaeusou said...

///
é só aves raras !!!!!!!!!!!!!
vou já limpar a pressão de ar ...
á vou, vou ...
///
abç
///

 
At 9:34 da tarde, Blogger Sininho said...

Poetaeusou:
Olha...se acertares no alvo e te deitarem a mão, quero ver se, a seguir, me vais imputar a responsabilidade...

Abrç.

 
At 11:21 da tarde, Blogger Luis Eme said...

Que grande passarada!

Convenceste-me, não vou sair de casa, sem chapéu na cabeça...

 
At 12:28 da manhã, Blogger Sininho said...

Luís:
É de toda a conveniência.
Penso eu de que...

 

Enviar um comentário

<< Home