3 Ecos da Falésia: SETE

quinta-feira, março 22, 2007

SETE




















Não sei que misterioso fascínio para a humanidade encerra o número SETE.
Se temos sete orifícios no crâneo, também nos regemos por semanas de sete dias.
Tocamos com sete notas musicais.
Colocamos sete palmos de terra sobre quem enterramos (dizem).
O arco-íris tem sete cores. Tal como a Hidra tinha sete cabeças (é o que consta).
Sete são os elementos da natureza. E sete, as Belas Artes.
As Maravilhas do Mundo eram sete, como sete queremos nós que sejam as nossas.
Parece que as pragas do Egipto foram sete. E havia sete anõezinhos para apaparicar a Branca de Neve. Os sábios da Grécia eram apenas sete. E toda a gente sabe quantos são os signos do Zodíaco. Temos sete pecados mortais para merecermos o Inferno, amenizados por sete Virtudes. Pelo meio, mais sete Sacramentos.
Na ìndia, há sete cidades sagradas. Roma está sobre sete colinas, logo imitada por Lisboa.
Se Deus levou sete dias para criar o mundo, o que teria levado Noé a escolher sete casais de cada espécie para meter na Arca?
.
Sobre o número SETE, podia estar aqui até de madrugada, mas não quero maçar mais.
Todo este relambório vem a propósito da notícia sobre o ataque fatal de quatro cães a uma infeliz, na zona de Sintra.
As feras pertenciam, justamente, a uma das raças consideradas perigosas e que, segundo a Direcção-Geral de Veterinária, são, nem mais nem menos do que SETE.
A saber e pela ordem das fotografias acima:
ROTTWEILER - STAFFORDSHIRE BULL TERRIER - TOSA INU - STAFFORDSHIRE TERRIER AMERICANO -PIT BULL TERRIER - DOGUE ARGENTINO - FILA BRASILEIRO.
.
Por sinal, as criaturas que fazem mau uso destas raças, também pertencem a SETE categorias:
A dos INCONSCIENTES - a dos INCIVILIZADOS - a dos MACHÔES - a dos GRUNHOS - a dos IGNORANTES - a dos MARGINAIS e a dos CRETINOS.
.
Paralelamente, existem cidadãos que, tendo cães destas mesmíssimas raças tão temidas, conseguem o milagre de conviverem bem com esses animais que, nas suas mãos, são dóceis e afáveis.
Se as raças referidas são uma arma letal nas mãos daquela gentalha, então, depois da desgraça consumada, quando se abaterem os cães, dê-se também ao dono e logo a seguir, a injecçãozinha atrás da orelha.
.
TLIM






















16 Comments:

At 11:32 da tarde, Blogger Maria said...

Ai sininho, olha que ainda dizem que és comunista, com essa da injecção "atrás da orelha" aos donos dos cães... LOL

Beijos

 
At 11:54 da tarde, Blogger Rui Corrêa said...

Só me parece que os signos do zodíaco não enquadram na temática.

 
At 11:59 da tarde, Blogger Luis Eme said...

O "pobre" do senhor nem sabia que eles andavam à solta...

Pobre país este cheio de bandidos, que continuam livres, para continuarem a senda de patifarias...

Eles precisavam era de umas dentadinhas de amor destes bichos queridos e não de uma injecção, onde quer que seja.

 
At 12:27 da manhã, Blogger Sininho said...

Maria:
Aí está uma coisa de que será difícil acusarem-me...
Mas hás-de concordar que a frase é inspiradora...
Beijinhos

 
At 12:31 da manhã, Blogger Sininho said...

Caro Rui Corrêa:
Tem toda a razão. Os signos do Zodíaco são doze e não sete como eu, erradamente, escrevi.
Confesso uma certa ignorância na matéria...

 
At 12:51 da manhã, Blogger Sininho said...

Luís:
Olha que estás muito radical...
A verdade é que não há lei que valha, quando uma parte da população é brutinha...
Por via das dúvidas, o "Público" vai dando uns conselhos, "se estiver perante um cão hostil:
Nunca fugir. Nunca olhar o cão directamente nos olhos.
Não fazer movimentos bruscos. Dar ordens firmes para o cão se afastar. Se o cão não se afastar, ir recuando muito devagar.
Se o cão o atirar ao chão, deve-se enroscar, protegendo a cara e pescoço com as mãos e braços".

Aponta lá, que ainda pode valer a pena...

 
At 9:14 da manhã, Blogger 'mega' said...

'mas nada contra os comunistas espero sininho...

acerca do tema, melhor comentário não encontro do que a resposta de um cidadão dono de cães ontem no telejornal: "cada cão é aquilo que o dono quiser que ele seja..."...'

 
At 11:38 da manhã, Blogger Sininho said...

Mega:
Passando em branco a "provocação", vamos aos cães:
Não poderia estar mais de acordo com a frase desse senhor.
Eu que já "criei"e ensinei um pastor alemão, sei como um animal de grande porte pode ser um mansarrão adorável. Nunca fez mal a uma mosca, mas levá-lo à trela dava-me enorme segurança, apenas porque o aspecto intimidava as pessoas...
Devo dizer que, se tivesse condições para isso, o Rottweiler era o cão que eu gostaria de ter.

 
At 2:57 da manhã, Blogger Cris Caetano said...

Ih...há tantos "7" na minha vida: número de identidade, do predio, da chamada no colégio, da entrada da garagem do prédio... uma cooisa!
E as pragas do Egipto são 10, li ontem na coluna do Artur Xexéo no "O Globo", ele se corrigia por ter se enganado, que coincidência!!!
Injeção neles!!! Há um senhor (mais de 60 anos) que escolheu a rua que moro para passear com seu IMENSO e CABEÇUDO pitbull sem focinheira - é obrigatório o uso -, talvez ele se ache o grande macho com o "docílimo" animal pela mão, que ele cisma de comprovar sua doçura soltando-o e chamando-o pra si, para meu total desespero!
7 injeções nele!!!
bom fim de semana e beijinhos

 
At 11:14 da manhã, Blogger poetaeusou said...

///
não me importava
de presidir ao colectivo
/
abç
/

 
At 4:41 da tarde, Blogger Sininho said...

Cris:
Curioso como eu, que gosto de Rottweilers, sinto um certo receio de Pit Bulls...
Porque será, hein?
Ideias feitas nas nossas cabeças....
Mas para os donos, não pode haver condescendência.
Infelizmente, não há vigilância suficiente e, com a marginalidade à solta, só podemos desejar que a má sorte não bata à nossa porta...
Beijinhos.

 
At 4:58 da tarde, Blogger Sininho said...

Poeta:
Lá chega o momento em que nos salta a tampa, quando a irracionalidade e a inconsciência custam a vida de alguém.
Neste caso, os cães andaram soltos mais de 24 horas, sem que o dono tomasse providências.
Ficou com termo de identidade e residência. Mas quando for a julgamento, pode aparecer um juíz que considere que houve atenuantes e o mande em paz.
Assim andaremos, até haver meia dúzia de exaltados que resolva fazer justiça por suas mãos.
E aí, se as coisas estão más, ficarão ainda piores.
Abrç.

 
At 6:21 da tarde, Blogger Cucagaio said...

O problema não é o animal de quatro pernas, mas sim o de duas pernas, esse constitui a raiz de todos os problemas em todas às áreas.

 
At 10:12 da tarde, Blogger Sininho said...

Cucagaio:
Nem mais nem menos.
Infelizmente.

 
At 7:50 da manhã, Anonymous Pedro Avelãs said...

sininho, perdoa-me desde ja e entrada sem ser convidado, mas sou assim...

sobre o 7,
temos duas avós, dois avôs, um pai uma mãe (ou tivemos) e somos o 7º elemento dessa coisa linda que é a linhagem familiar,
se o mundo fosse um hotel que com uma classificação estrelada, 5 até podia ter por ser exelente, 6 só se tivesse um exta unico no universo mas 7 só memso se fosse perfeito, e perfeito por aqui é coisa que nem o tal deus ou dEUS ou Deus consegue ser,

nao sei se se baptizou assim mas a caninofobia é algo real, e os medos não teem 7 razoes de ser ou nem sempre teem uma real razão de existir, há até quem tenha medo do que desconhece.
E claro está que se em horário nobre, em frente À televisão, uma criança dque esteja de castigo e não possa assisitr a mais um episodio dos morangos com açucar, e tenha de ver o telejornal
ao ver uma historia de 4 .. atenção são 4 e não 7, cães que fizeram e aconteceram não sei bem o que a uma mulher em Sintra, então podem acontecer duas coisas:

ou a criança desiste logo de ir para veterinário e os pais arrependem-se de lhe ter dado o castigo, ou então vem à cabeça da criança aquele exmplo que viu no ultimo castigo que teve, de um outro telejornal, onde viu que um cão salva vidas, que também era pastor alemão mas podia bem ser um routviller (ou lá como se escreve) fazer parte do slvamento do puto que tinha a camisola da selecção nacional e que ganhou uma mobilia nova pelo facto... ahh espera.. disso é melhor rao falar... isso é uma boa noticia e não interessa muito falar dessas coisas!

é isso mesmo: o cão é o melhor amigo do homem, dizem os populares, e se o homem por si só é tão imperfeito, então é possivel que um ser educado pelo homem mais imperfeito seja, se o homem causa acidentes, então o seu educando acidentes causará, etc etc etc.

e concordo contigo com a atenção a ser dada aos conselhos do Publico, nunca se sabe o que te aparece pela frente. se o cão de guarda, se o cão abandonado, se o cão da ex-namorada , ou se o cachorro com ketchup!
Pelo sim pelo não o melhor é estar atento e preparado par tudo, até porque normalmente não é o cão agarrado ou dopado que nos ataca com a seringa.

deixem la de por as culpas nos bichos que a única coisa que eles mostram nestes casos é o seu instinto e isso já vem no pacote que a natureza lhes reservou, então misturado com a tal má educação...

(não)faz tanto sentido o cão TER que andar amordaçado como o homem coma camisa de forças, casa caso é um caso e viva os loucos!

e tens razão ZODIACO, escreve-se com 7 letrinhas

Saudações

 
At 2:09 da tarde, Blogger Sininho said...

Pedro Avelãs:
Entras aqui sempre que te apetecer e escreves o que muito bem entenderes.
Isto é um espaço totalmente aberto a todas as opiniões.
E tu até tens piada...
Um abraço e volta sempre.

 

Enviar um comentário

<< Home