3 Ecos da Falésia: O JUSTO PELO PECADOR

sábado, outubro 21, 2006

O JUSTO PELO PECADOR

"VAI-TE EMBORA, PORCA, QUE HOJE É DIA DE GREVE!" Esta foi a frase que me acolheu, pela manhã, já no recinto escolar.

Assim começa a carta duma professora, ao Director Do PÚBLICO, de 20 de Outubro.
Segue-se o relato de várias situações e procedimentos que exemplificam tudo o que uma escola não deveria ser.
Lendo aquela carta, não pude deixar de me sentir solidária com quem é obrigado a ganhar a vida, rodeado de delinquentes, tendo escolhido ensinar, em vez de ser guarda prisional.

Estes monstrinhos que pululam e proliferam em muitas escolas Portuguesas foram incubados e têm vindo a desenvolver-se, há tempo demais, num caldinho de cultura composto de permissividade, ausência de hierarquia, maus programas, falta de civismo e péssimos exemplos.

Este menino que, agora, chamou PORCA á sua Professora, decerto terá visto, na televisão, uma manifestação de milhares de professores, de onde sobressaía um cartaz, com a figura dum MACACO e a cara da MINISTRA da EDUCAÇÃO.
E terá concluído:
Se os Se'tores chamam macaca à sua Ministra,
também eu posso chamar porca à minha Se'tora...

É o que se chama pagar o justo pelo pecador.

TLIM

2 Comments:

At 11:28 da tarde, Anonymous Gota Seca said...

Não há educação logo a partir das famílias desses energúmenos, que para os defender de algum castigo, são capazes de ir à escola partir a cara à professora. Se for a um professor já pensam duas vezes, os valentes!

 
At 9:25 da tarde, Blogger Sininho said...

Cara Gota:
Não posso deixar de lhe dar razão.

 

Enviar um comentário

<< Home