3 Ecos da Falésia: OS BONS EXEMPLOS DO MÉDIO ORIENTE

quinta-feira, maio 10, 2007

OS BONS EXEMPLOS DO MÉDIO ORIENTE



A Senhora Ministra da Educação devia pôr os olhos no plano educativo do HAMAS que usa a figura de um Mickey Mouse de imitação, para ensinar às criancinhas os deveres de um bom muçulmano.
O ratinho chama-se FARFOUR e a pequena apresentadora, vestida com a máxima decência, é a SARAA, que ensina aos meninos: "Nós, os melhores, criámos este programa para virmos a liderar o mundo."
Há uma linha telefónica para as crianças exporem as suas livres opiniões.
MUHAMAD, de 12 anos, faz um telefonema a cantar, entoando uma letra bem pedagógica:
"JERUSALÉM NÓS ESTAMOS A CAMINHO, É TEMPO DE MORTE, NUNCA NOS VAMOS RENDER AO INIMIGO".
.
Renderem-se ao inimigo está proibido.
Aproveitarem um boneco concebido pelo inimigo e utilizarem a sua tecnologia, já podem.
Desde que a mensagem a transmitir seja apropriada para o público infantil e a apresentadora, apesar da tenra idade, mantenha a modéstia na indumentária, para não ser motivo de tentação ou pecado.
.
Se os nossos meninos assistissem a programas pedagógicos deste género, em vez dos filmes violentos que lhes são apresentados, já não provocavam toda aquela rebaldaria nas escolas.
E aprendiam umas noções de nacionalismo como deve ser, em vez de, anos mais tarde, caírem nas tentações de PNRs e quejandos.
.
Tome nota, Senhora Ministra.
É em: http://www.youtube.com/watch?v=lZEGsnWZKh8
.
E não tem nada que agradecer.
.
.
.

12 Comments:

At 6:45 da tarde, Blogger Maria said...

Quando vi este video nas notícias pensei... a Sininho vai pegar nisto.
Ainda andei por aqui ontem até tarde, tão tarde que só agora pude voltar...
E cá está o recado, direitinho a quem compete... hehehe

Beijinhos

 
At 7:11 da tarde, Blogger Zé Povinho said...

Cuidado que a ministra pode não distinguir uma provocação duma recomendação.
Gostei do espírito ... e da letradeste cantinho

 
At 8:04 da tarde, Blogger Sininho said...

Maria:
Se a ministra não fosse tão teimosa...
Então tu agora adivinhas o futuro?
Olha que é coisa altamente compensadora (a Maya que o diga)!

Beijinho.

 
At 8:08 da tarde, Blogger Sininho said...

Zé Povinho:
Esse braço já deve andar com uma tendinite, tantas devem ser as vezes em que é dobrado...
Obrigada pele visita e volta sempre.

 
At 1:13 da manhã, Blogger Pedro said...

Ó Sininho

Não te esqueças que eles (palestinianos) são as vítimas do imperialismo americano-sionista, logo precisam de muita compreensão e carinho (aliás nunca sabemos em que ponto pode rebentar uma carrinha armadilhada, pois para alguma coisa servem ensinamentos destes...). Quanto ao rato Mickey, esse símbolo do Imperialismo capitalista, qual Cat Stevens, já se converteu ao Islão faz tempo! Parece que foi o Zé Carioca que o converteu...

 
At 1:33 da manhã, Blogger Sininho said...

Muito me contas, Pedro, muito me contas!
Do Cat Stevens já eu sabia, mas a conversão do Mickey é que me abala profundamente.
E eu a dizer que era uma imitação...
Mas que mundo este!!!

 
At 9:22 da manhã, Blogger 'mega' said...

'ahhh, que saudades da infância... acordar às 7 da manhã para ver a ana malhoa no buéréré a incitar a revolução, a apregoar a vingança e a morte e a luta incessante contra o ocidente... saudade saudade....
o songoku? não, isso não, é muito violento!!'

 
At 9:57 da manhã, Blogger Luis Eme said...

Essa tua ironia, fina e grossa...

É complicado falar de um povo e um país que vive cercado de violência, por barreiras complicadas de ultrapassar...

Nem sei se é permitido existirem crianças na Palestina, Sininho...

 
At 12:10 da tarde, Blogger Sininho said...

Mega:
Esses tempos de juventude militante da Ana Malhoa já lá vão há muito, já...

 
At 12:17 da tarde, Blogger Sininho said...

Luís:
Um povo cercado de violência e logo um povo tão pacífico que até fica arrepiado só por ouvir falar em bombas... e tal e coisa...

 
At 5:33 da tarde, Blogger poetaeusou said...

/
cadê a ministra ???
/
xi
/

 
At 11:27 da tarde, Blogger Sininho said...

Poeta:
Afinal e infelizmente, a ministra não vai a tempo de apanhar a ideia, que o programa já foi proibido.
Oooooh...

Abrç.

 

Enviar um comentário

<< Home