3 Ecos da Falésia: Fevereiro 2006

terça-feira, fevereiro 28, 2006

O H5N1 E OS GATOS

O gato encontrado morto, no norte da Alemanha, vitima, já confirmada, do temível H5N1, não pertencia à estirpe destes que, aqui, aparecem.
Não sabemos se o bichano morreu por ter ingerido alguma ave engripada, CRUA, ou se, ao abocanhá-la, INALOU o vírus mortífero.

O que podemos imaginar é que, se existíssem políticos, representantes dos gatos, existiria, também, um Berloque da Esquerda Felina, que saltaria, imediatamente, para a ribalta, denunciando, uma vez mais, as injustas desigualdades entre pobres e ricos:
Que:
Os gatos com donos ricos têm, sempre, mais hipóteses de escaparem à contaminação, por viverem, resguardados, em condomínios de luxo.
Enquanto que os mais desfavorecidos, filhos da rua, se vêem obrigados a subsistir, ao ar livre, completamente desprotegidos; e, tendo que fazer face à fome, se sentem forçados a lançar-se sobre o primeiro pássaro que lhes apareça pela frente, vivo ou morto.
Seguir-se-ia um abaixo-assinado, contra a discriminação, a entregar na Assembleia da República, exigindo direitos iguais e protecção garantida a TODOS os gatos portugueses.

Estas considerações estão, como é evidente, no mero domínio da fantasia.
Até porque gatos não têm direito a voto. E, caso venham a constituír risco de contágio, o que os espera é, nem mais nem menos, o extermínio, puro e duro. E aí, entra a Associação Animal...

TLIM

ÓDIOS


Gisberta, nome adoptado pelo "transgénero" linchado, há dias, no Porto, por um grupo de delinquentes juvenis, já está, desgraçadamente, a ser a ser usada(o) pelas associações do costume, como bandeira.
Exigem, agora, estes senhores, que se crie uma nova figura no Código Penal, para punir, expressamente, os crimes por ódio homofóbico.
Já agora, quando se assassina alguém, seja branco, negro, judeu, muçulmano, cristão, hindú, hetero ou homosexual, fazendo-o premeditadamente, a razão do crime terá outra origem para lá do ódio?
A premeditação já é um factor a ter em conta, quando se trata de punir um crime de morte.
Pergunta-se, então, o que distingue um ódio homofóbico de outro qualquer ódio que conduza ao linchamento de uma pessoa?
Em vez de exigirem, simplesmente, a punição exemplar dos culpados por um crime hediondo, os elementos do lobby Gay, em Portugal, andam a aproveitar-se do cadáver, para fins de pura propaganda.
O que, para além de tudo, lhes fica muito mal.

TLIM

sábado, fevereiro 25, 2006

É CARNAVAL

E não há frio, chuva, vento, trovoada ou nevões, que consigam intimidar uma PIPI que se preze.

TLIM

MEDOS

Foram: A febre aftosa, os nitrofuranos, as vacas loucas, a pneumonia atípica. Antes, tinham sido: As ameaças do antrax, o bug do milénio.
Quotidianamente, somos assaltados por uma chusma de ameaças à nossa rica saúde:
É o fumar; Apanhar sol; ingerir açúcar; ou sal; falta de exercício; gorduras saturadas; álcool; químicos, nos legumes; metais pesados, nos peixes; ozono, no ar; cereais transgénicos; glutamatos; aspartame; o raio que os parta.
A gripe aviária está prestes a bater-nos à porta e já meio Portugal treme, refém deste novo receio. De uma coisa podemos estar absolutamente certos:
Não há nada que faça pior à saúde do que VIVER!

TLIM

sexta-feira, fevereiro 24, 2006

ROMANCE NO AR

Ele há coisas que ainda não são lá muito bem vistas, no país dos Ayatollahs. o Senhor Mahmoud Ahmadinejad (raio de nome) não se ponha a pau, não, e vai ver o lindo funeral que lhe arranjam.
O Irão não é Portugal e os senhores não se chamam Teresa e Lena, pois não?
Mesmo sendo Carnaval, não fariam pior se fossem mais discretos.

TLIM

quarta-feira, fevereiro 22, 2006

PASSO A PASSO, A GRIPE

Regressámos à nossa "angústia para o jantar": Podemos? Não é aconselhável? Apelo, já, aqui, ao Goucha, à Maria de Lourdes Modesto e a todos os entendidos em receitas culinárias, para que ponham a imaginação a trabalhar e inventem novas receitas de fazer "mayonnaise" e doçaria variada, sem recorrer aos preciosos ovos.

TLIM

terça-feira, fevereiro 21, 2006

UM MUNDO DEMASIADO FRÁGIL

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

REGRAS DE UM BOM MUÇULMANO CHIITA -II


CITAÇÕES SOCIAIS E RELIGIOSAS
Leis divinas que regem a vida quotidiana.

SOBRE O MODO DE URINAR E DEFECAR:
1 - Na ocasião de urinar, ou defecar, todos devem tapar o seu sexo, perante os que são púberes, irmãs e mães incluídas, bem como fracos de espírito e crianças com idade de compreensão. No entanto, isto não se aplica entre marido e mulher. 2 - Não é necessário tapar o sexo com qualquer coisa, em sepecial: basta fazè-lo com a mão. 3 -No momento de defecar ou urinar, é necessário agachar-se, por forma a não ficar de frente, nem de costas viradas para Meca. 4 - Não basta desviar o sexo dessa direcção, se se estiver de frente, ou de costas para Meca: E é proibido ter o sexo exposto, virado para Meca, ou para a direcção oposta. 5 - É proibido urinar ou defecar em quatro locais: A- Nos becos sem saída, excepto se houver autorização de quem ali more. B- Na propriedade de alguém que não tenha dado o seu consentimento. C- Nos lugares de culto, bem como nas Madrassas. D- Nos túmulos dos fiéis, excepto se se pretender ofendê-los.
6 - Há três casos em que se deve, obrigatòriamente, purificar o ânus com água: A- Quando o excremento tiver sido evacuado juntamente com outras impurezas, como por exemplo, sangue.
B- Quando alguma coisa impura tiver tocado no ânus. C- Quando o orifício anal tiver demasiada sujidade. Fora estes três casos, poderá lavar-se o ânus com água, ou limpá-lo com um pano ou uma pedra. 7 - O orifício urinário só pode ser purificado com água e basta lavá-lo uma única vez, após se ter urinado. Mas as mulheres, cuja urina sai por um segundo orifício, devem lavar, duas vezes, esse orifício. 8 - Não é necessário limpar o ânus com três pedras, ou três pedaços de pano. Basta utilizar uma só pedra, ou um só pedaço de pano; mas se a limpeza for feita com um osso, ou com coisas sagradas, como por exemplo, um papel onde esteja escrito o nome de Allah, a pessoa que o tenha feito fica impedida de fazer as suas orações. 9 - Para urinar ou defecar, é aconselhável ir agachar-se em local isolado; é, igualmente, aconselhável entrar nesse local com o pé esquerdo e sair com o pé direito; recomenda-se que se cubra a cabeça, durante a evacuação e que o peso do corpo seja suportado pelo pé esquerdo. 10 - Durante a evacuação, é desaconselhável agachar-se de frente para o sol ou para a lua, excepto se se cobrir o sexo. Para defecar, é também de evitar estar exposto ao vento, ou em locais públicos, ou à porta de casa, ou debaixo de uma árvore de fruto. Igualmente se desaconselha, durante a evacuação, comer, demorar-se no acto, e lavar o ânus com a mão direita. Deve evitar-se falar, a menos que seja absolutamente necessário, ou se for para dirigir uma prece a Allah. 11 - Deve evitar-se urinar de pé, ou fazê-lo sobre terra dura, ou na toca de algum animal, ou na água, sobretudo se esta água for estagnada. 12 - Não é aconselhável reter a vontade de urinar ou defecar pois pode fazer mal. 13 - Deve-se urinar antes de fazer as orações, antes de dormir, antes do coito e depois da ejaculação. 14 - Depois de se ter urinado, é preciso, em primeiro lugar, lavar o ânus, pois pode ter ficado molhado com a urina; em seguida, deve pressionar-se, três vezes, com a palma da mão, a parte situada entre o ânus e a base do pénis; depois deve colocar-se o polegar sobre a parte superior do pénis e o indicador sobre a parte inferior e puxar três vezes o prepúcio até ao anel de circuncisão; em seguida, espremer, por três vezes, a estremidade do pénis. 15 - A mulher não tem instruções especiais a seguir, depois de ter urinado; e, se notar alguma humidade no orifício vaginal, que não saiba se é pura ou impura, considera-se essa humidade pura e não interfere, em nada, com as abluções ou as orações.
---------------------------
Nota da autora do Blog:
Esta meticulosidade de pormenor, para os actos humanos mais básicos, deve ter uma vantagem: Enquanto um indivíduo está entretido com a forma como põe o pé ou a mão e o infernal conjunto de preceitos a seguir desde que acorda, até que se deita, não fica com espaço, dentro do seu cérebro, para qualquer espécie de pensamento pessoal. Assim se criam autómatos.
Quando o Imã mandar pôr a bomba, mão esquerda à frente, ou pé direito atrás, virado para Meca, ou com a cabeça tapada, é mais uma recomendação a seguir, como todas as outras.

TLIM

quarta-feira, fevereiro 15, 2006

REGRAS DE UM BOM MUÇULMANO - I


Este livrinho, publicado em França, no ano de 1979, foi feito a partir de três obras do Ayatollah khomeiny, que, assim, legislou sobre o comportamento dos crentes no Islão. Nele se encontram, apenas, excertos, algumas regras que se revelam verdadeiramente singulares, aos olhos de outras civilizações.
Tal como o "Expresso", que, na altura, publicou algumas dessas regras, proponho-me, agora fazer o mesmo, em alguns dos meus postes, traduzindo-as do Francês.

SOBRE A FORMA DE COMER E BEBER

1 - Devem observar-se dezoito regras, na altura da refeição: a) lavar as mãos antes da refeição; b) lavar e enxugar as mãos depois da refeição; c) o dono da casa deve começar a comer antes de todos os convidados e terminar depois deles; ele deverá ser o primeiro a lavar as mãos, antes da refeição, seguido da pessoa que se encontra à sua direita e assim sucessivamente, até chegar à que está à sua esquerda; no fim da refeição, deve inverter-se esta ordem; d) começar a refeição, invocando o nome de Alá; mas, se houver vários pratos, recomenda-se a invocação, a cada novo prato; e) comer com a mão direita; f) comer com três dedos e deixar livres os outros dois; g) comer pequenas quantidades de comida, de cada vez; h) prolongar a refeição o mais possível; i) mastigar, devagar, a comida; j) fazer o elogio de Alá, no final da refeição; k) lamber os dedos; l) palitar os dentes com um palito que não pode ser obtido a partir dos ramos duma româzeira, da planta do alho, de qualquer planta aquática ou da folha duma tamareira; m) juntar os restos da refeição e comê-los; mas, se esta tiver sido feita no deserto, é preferível deixar os restos para os pássaros e os animais; n) comer, apenas, no início do dia e ao caír da noite, abstendo-se de o fazer noutras alturas; o) deitar-se, de costas, depois da refeição e colocar a perna direita sobre a perna esquerda; p) tomar uns grãos de sal, no início e no fim da refeição; q) lavar as frutas antes de as comer.
2 - Onze coisas se devem evitar, durante a refeição: a) comer sem ter fome; b) comer copiosamente, coisa reprovada pelo Todo Poderoso; c) olhar para os outros, enquanto se come; d) comer alimentos muito quentes; e) soprar para o prato ou para o copo para arrefecer a comida ou a bebida; f) demorar a comer, assim que tiver sido colocado o pão sobre a esteira; g) cortar o pão com uma faca; h) pousar o pão no sítio onde se está sentado; i) rapar o osso, sem deixar qualquer resto de carne; j) descascar as frutas; k) deixar ficar um fruto meio comido.
3 - Seis princípios devem ser seguidos, quando se bebe água: a) sorvê-la, não a bebendo aos golos; b) beber de pé; c) invocar o nome de Alá, antes de começar a beber e no final; d) beber em três tempos; e) beber com satisfação; f) recordar o martírio de Hazrat Aba Abdollah e da sua família e amaldiçoar os seus assassinos, depois de acabar de beber.
4 - Cinco coisas devem evitar-se, quando se bebe: a) beber demasiado; b) beber depois de um copioso repasto; c) beber, em pé, durante a noite; d) pegar na taça da água, com a mão esquerda; e) beber pelo sítio onde houver uma racha ou pelo sítio da asa.
5 - Entre os órgãos das aves, caça, animais domésticos, peixes, etc, cuja carne é autorizada para ser consumida, há quinze que estão proibidos: a) o sangue; b) os excrementos; c) o pénis; d) a vagina; e) o útero; f) as glandes; g) os testículos; h) a parte central do cérebro; i) a bolinha do tamanho de uma ervilha que se encontra na parte anterior do cérebro; j) os nervos de cada lado da coluna vertebral-, k) a vesícula; l) o fígado; m) a bexiga; n) os olhos; o) a matéria acumulada debaixo das patas.
...................
8 - Não é permitido ingerir os excrementos dos animais, nem as suas secreções nasais. No entanto, se uma ínfima porção estiver misturada com outros alimentos, o seu consumo não está proibido.
9 - A carne de cavalo, de mula e de burro é desaconselhada. E fica rigorosamente proibida, se o animal tiver sido sodomisado, por um homem, enquanto estava vivo. Neste caso, deve transportar-se o animal para fora da localidade e vendê-lo.
10 - Se for cometido um acto de sodomia sobre uma vaca, uma ovelha ou um camêlo, a urina e os excrementos destes animais tornam-se impuros; e até o seu leite fica proibido de se beber. É preciso, então, matar o animal, o mais rápido possível e queimá-lo, exigindo o seu preço a quem o sodomisou.
11 - Beber vinho ou bebidas alcoólicas é um pecado capital e é rigorosamente proibido. Quem beber uma bebida alcoólica ficará, apenas, com uma pequena parte da sua alma: a parte deformada e má. Fica condenado por Alá, pelos seus Arcanjos e seus Profetas. No dia da Ressurreição dos Mortos, o seu rosto ficará negro, a língua ficará pendente da sua boca e a saliva
escorrerá pelo seu peito. Sofrerá de sede eterna.

Espero ter contribuído para a divulgação de outra cultura. Amanhã, seguirei com as regras para bem urinar e defecar.

TLIM

DOS PASSARÕES AOS CISNES

O Senhor Embaixador do Irão, Mohammed Taheri (que Alá o proteja), ficou sensibilizado com o Governo Português, em especial com o " Senhor Amaral"( big deal):
- "O Senhor Amaral disse coisas muito boas e muito lógicas. Nós pensamos que isto é uma conspiração dos Sionistas, que querem pôr os Muçulmanos contra os Cristãos, na Europa. Mas o nosso líder religioso apelou aos Muçulmanos para que respeitem os valores dos Cristãos".
E acrescentou, duvidando da dimensão do Holocausto: - "Quando era embaixador em Varsóvia, visitei Auschwitz e Birkenau e fiz as minhas contas: Para incinerar 6 milhões de pessoas, são precisos 15 anos".
Ignorando se o Senhor Embaixador dispunha de uma calculadora fiável, à época, vou deixar isto para futuras considerações e passo, já, adiante:

Em 1º lugar, não pode deixar de reconhecer-se, nos Sionistas, uma força absolutamente sobrenatural, que consegue, à distância, tele-comandar aquela turba-multa, pondo-a aos berros, pisando e queimando bandeiras, proferindo ameaças de morte e ateando incêndios em embaixadas, bancos, o diabo a sete. E tudo isto, note-se, APESAR DOS APELOS EM CONTRÁRIO, vindos dos seus líderes religiosos, como todos temos constatado.

Em 2º lugar, é agora a altura certa para o "Senhor Amaral" combinar com o Senhor Embaixador o tal campeonato de futebol Euro-Árabe, oferecendo-lhe, para o efeito, os nossos novos Estádios. Convém é começar a pensar em como irá amaciar as mãos aos árbitros (bons conselheiros não irão faltar). Porque não podem convidar-se pessoas, para a nossa casa, ainda por cima, melindrosas como estas são, e correr o risco de alguma derrota os poder ofender.

Em 3º lugar, eu confesso já, aqui e agora, que começo a estar saturada de ver gente, tão feia, em atitudes animalescas, perante as câmaras, à hora dos Tele-Jornais.
Começa a revolver-me o estômago, a perturbar-me a digestão.

O que vale é o regresso, em força, da Gripe Aviária. Passamos, assim, dos passarões aos cisnes.
Continuam a envenenar-me as digestões, é certo, mas, ao menos, muda-se de menu!

TLIM

sábado, fevereiro 11, 2006

MANIAS

Cada bloguista participante tem de enumerar cinco manias suas, hábitos pessoais que o diferenciem do comum dos mortais. E, além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar, nos respectivos blogues, aviso do "recrutamento". Ademais, cada participante deve reproduzir este "regulamento" no seu blogue.

Como resposta ao desafio do Crack, aqui ficam cinco das minhas muitas manias:

1ª- Mania de recortar, de jornais, artigos de que, particularmente, gostei.

2ª- Mania de gravar e guardar todos os filmes que considero interessantes e tenho a sorte de apanhar, na TV. Tambem tenho feito "gravações pirata" de filmes alugados...

3ª- Mania de só me levantar da cadeira do cinema, depois de terminarem os créditos finais.
Normalmente, fico só eu, na sala.

4ª- Mania de andar com o CD portátil ao ombro e os fones nos ouvidos, quando cozinho.

5ª- Mania de reparar em traços particulares no rosto de pessoas com quem me cruzo.
Coisa que faço muito discretamente.

Seguindo em frente, vou lançar a minha luva aos seguintes blogues:

1º- ALMARIADO

2º- SORUMBÁTICO

3º- HOMEM A DIAS

4º- LÓBI DO CHÁ

5º- O DIÁRIO DO ANTHRAX

Suplentes ( para o caso de não conseguir entrar nas caixas de comentários):

FACCIOSO e SEMIRAMIS

E... siga.

TLIM

"UMBIGUISMO"

É o título da última crónica de Ana Gomes, que tive o grande (des) prazer de ler, no Público.
Referindo-se a um editorial de Nuno Pacheco, a nossa ilustre Deputada ao Parlamento Europeu, escrevia esta frase singular: "O que está em causa é o aproveitamento da liberdade de expressão por uma Direita xenófoba, defensora da Europa - Clube Cristão - apostada em fomentar o ódio religioso".

Como, por enquanto, ainda usufruímos da, tão comentada, liberdade de expressão, vou fazer, aqui, um pequeno jogo de palavras, e alterar a frase acima referida:
"O que está em causa é o aproveitamento da liberdade de expressão por um Islamismo Radical, defensor de um mundo - Clube Muçulmano - apostado em fomentar o ódio religioso".

E venha Satanás escolher de qual gosta mais.

TLIM

O PIOR INSULTO

terça-feira, fevereiro 07, 2006

AZAR

ASSIM VAI O MUNDO

Esse paradigma da Justiça e da Imparcialidade que dá pelo nome de Fernando Rosas, indignou-se, pelo facto de o Ocidente pretender colocar entraves ao programa nuclear no Irão.
Os Senhores desse Estado democrático dizem que todas as diligências são no sentido de obter energia nuclear para fins meramente pacíficos e, se os Senhores o dizem, é porque é verdade.
As maléficas Potências ocidentais é que desejam dobrá-los, às suas caprichosas exigências.

O facto de o petróleo, de que dispôem, para dar e vender, não lhes servir, como fonte de energia, é, como muito bem se calcula, uma preocupação puramente ecológica: Não querem poluír a atmosfera, nem agravar as condições climatéricas do Planeta.
E, ainda se, por hipótese meramente académica, lhes viesse a ocorrer fabricarem bombas atómicas, não fariam nada que essas corruptas Potências Imperialistas, com os E.U. e Israel, à cabeça, não tivessem, já, feito.
Assim sendo, Senhores do Irão: NUCLEAR SIM, OBRIGADO!
Chapelada e vénia.

E agora, para algo, ligeiramente, diferente:
Na cidade belga de Middlekerke, o Senhor Presidente da Câmara resolveu proibir a exposição de uma escultura de David Cerny, representando o Tio Saddam, dentro de uma espécie de aquário e intitulada -" Saddam Hussein Tubarão".
Motivo: Poder afastar turistas e ofender muçulmanos.
Curiosamente (ou talvez não), um anterior trabalho do escultor inconformista, intitulado- "Jesus", não suscitou idêntica preocupação.
E pergunto eu, na minha santa ingenuidade: Porque seria?

A resposta só pode ser uma: Nessa altura, ainda o Professor Freitas não tinha dado a conhecer, ao mundo, a sua teoria sobre Liberdades e Licenciosidades.

TLIM

LICENCIOSIDADES

Este quadro, de Salvador Dali, representa Maomé no Inferno. Sorte para ele, já não estar entre nós. Entretanto, o nosso inefável Ministro dos Negócios Estrangeiros declarou, enquanto ia curvando a espinha, um pouco, para a frente, que "Portugal discorda das publicações. Estas são lamentáveis porque incitam à violência." E "a liberdade sem limites não é liberdade: É licenciosidade". Confesso que já não ouvia esta palavra, dita por um governante, vai para trinta e dois anos.


TLIM

domingo, fevereiro 05, 2006

I LOVE AL-QAEDA

A FIGURA DO PROFETA


Tenho andado a ouvir,
a muito "inteligente"
da nossa Praça, que a
verdadeira blasfémia
foi terem ousado fazer
desenhos sobre Maomé.
Que o Profeta,
sendo uma entidade
divina, não poderia,
jamais,
ser representado por
meio de desenhos,
pinturas,





ou outra, qualquer, representação artística
que Lhe desse forma humana.

Ora, agora, calcule-se como devem ter pintado a manta,
os crentes que viveram na Pérsia, no ano de 1436,
ao depararem-se com esta tapeçaria, representando
( oh, inominável pecado) o Profeta, a ser recebido pelos
quatro Arcanjos!!!

A chatice foi não existirem, à época, embaixadas de
países ocidentais.

TLIM

quarta-feira, fevereiro 01, 2006

NOVAS UNIÕES

Aproveitando esta intensa vaga
mediática, que dá a conhecer
novas formas de o género
humano se realizar;
desde as uniões de facto, até ao
casamento, para além do que é
convencional...







Eis que surge esse ícone, incontestado, da Vida Social
Portuguesa, que é Cinha Jardim:
No canal de umatelevisão privada de grande audiência,
esta senhora apareceu, ontem, para apresentar a sua
nova amiga e companheira:
Uma cobra "Rei da Califórnia":

-"A cobra ainda não é minha, mas é como se fosse.
Ela já vai a minha casa, para se ambientar.
E a loja, onde ela vive, fica ao lado da minha casa.
Passo lá horas, com a cobra, que já conheço, há
quase dois anos.".

Depois de ter deixado escapar um autarca modelo,
é justo que, agora, não vá largar um
"Rei da Califórnia".
Pelo que, ou muito me engano, ou, lá para o ano
que vem, o advogado das duas senhoras lésbicas,
terá, entre mãos, um novo e estimulante desafio.

TLIM